MP analisa se vai pedir internação de adolescente que matou o pai em Epitaciolândia

Adolescente de 12 anos confessou ter matado o pai para defender mãe de agressões. Crime ocorreu no último dia 2, na cidade de Epitaciolândia, no interior do Acre.

O Ministério Público do Acre informou que está analisando se vai pedir ou não a internação do adolescente de 12 anos que confessou ter matado o pai com uma facada na barriga para defender a mãe das agressões. O crime ocorreu no último dia 2, na zona rural do município de Epitaciolândia, no interior do estado.

O agricultor Custódio Silva, de 41 anos, foi achado morto dentro da casa. Conforme o delegado que investigou o caso, Alex Danny, o adolescente relatou que o pai agredia tanto a mãe como ele, constantemente.

Ao G1, o MP afirmou que recebeu o procedimento na sexta-feira (11) e o promotor de Justiça do município, Thalles Ferreira, está analisando o caso. O adolescente ainda não foi apreendido.

Na delegacia, o rapaz contou ao delegado que as agressões teriam começado depois que Silva perdeu o pai e um irmão e passou a ingerir bebidas alcoólicas excessivamente. Cansado de ver aquela situação, o adolescente, no dia que o pai chegou embriagado, em defesa da mãe e dele próprio acabou dando uma facada no homem.

Por Iryá Rodrigues, G1