Operação da Polícia apreende onze armas de fogo em Cruzeiro do Sul

Ações devem ser intensificadas durante todo o ano, diz comando da PM. Maioria das armas é adaptada.

Durante ações da operação Saturação Total, desencadeada pela Polícia Militar do Acre nos primeiros dias de 2019, em Cruzeiro Sul, interior do estado, a PM já apreendeu onze armas de fogo. De acordo com o comando, as armas apreendidas eram usadas por criminosos que atuam na prática de roubos e homicídios.

A maioria das armas apreendidas pela polícia na segunda maior cidade do Acre é adaptada. Os criminosos transformam armas de caça em escopetas para facilitar o manuseio e o porte. Existem também revólveres e pistolas, quase todas com o número de série rasurado para evitar a identificação da origem.

Do dia primeiro deste mês até este domingo (11), as guarnições da PM conseguiram realizar diversas prisões de bandidos que foram encontrados portando armas de fogo. Na tarde deste domingo, a PM apreendeu mais duas escopetas com um grupo suspeito de abordar motoristas na BR-364 para roubar motos e outros pertences.

De acordo com o assessor do comando da PM, aspirante Robson Belo, em relação às duas primeiras semanas do ano passado, o número de armas de fogo tiradas de circulação este ano é bem superior.

“Já temos um aumento de mais de 130% em relação ao início do ano passado, são 11 armas apreendidas este ano e, em 2018, nos primeiros dias foram apreendidas 4 armas de fogo. São armas tiradas de pessoas que estão na prática de delitos e conseguimos prendê-los em flagrante”, disse Belo.

De acordo com a polícia, as ações de combate a porte ilegal de armar serão intensificadas durante todo ano de 2019. O objetivo da PM é reduzir o número de assaltos e crimes contra a vida na segunda maior cidade do Acre.