Prefeita de Rio Branco, Socorro Neri, planeja gastar R$ 500 mil com propagandas e acende a “ira” dos internautas

Mais uma licitação polêmica foi anunciada pela Prefeitura Municipal de Rio Branco. O certame foi marcado para ás 14h30mim da próxima quarta-feira (16).

Desta vez, diz respeito ao Pregão Presencial por Registro de Preços N° 002/2019 que pede a contratação de empresa para impressão e vinculação de busdoor no valor de até R$ 500 mil reais. 

Além do alto preço, R$ 500 mil reais com propaganda em busdoor, outro fato que chama atenção é que o edital não consta na página da Prefeitura de Rio Branco, sendo que a ampla publicidade é um dos pressupostos desta modalidade licitatória.  

Bastou o assunto pautar os jornais para que os internautas pudessem cobrar melhorias na gestão de Socorro Neri, do PSB. “Isso é uma falta de respeito para com os moradores de Rio Branco. A cidade vive um buraco só. Ninguém consegue andar direito com carro, pior de moto. Gastar quase meio milhão de reais com publicidade é querer brincar com a nossa cara”, reclamou o internauta Fabiano Souza.

Já Aline Soares Melo cobrou da prefeitura que o dinheiro da publicidade fosse alocado em áreas como Educação e Saúde. “Em plena era da comunicação, a prefeita quer gastar meio milhão de reais com esse negócio de publicidade. Poderiam poupar nosso dinheiro com essas propagas em ônibus e passarem usar mais as redes sociais. Já chega! Que os nossos governantes gastem com educação, saúde e bem-estar”, reclamou a internauta. 

O outro lado

A prefeitura lançou uma nota que não foi nem mesmo assinada por alguém, mais que levou apenas o nome da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (RBTRANS), argumentando que “Os recursos destinados à ação são oriundos do Convênio”, que “o processo para realização do pregão foi iniciado em novembro de 2018”, comentou também que “os recursos oriundos de multa e penalidades pecuniárias por infrações no trânsito devem retornar ao município em forma de ações voltadas a organização e segurança no trânsito”.

A gestão da prefeita do PSB comentou ainda, via nota, que “Trata-se, portanto, não da utilização de recursos próprios da Prefeitura, mas conforme previsão legal, da aplicação de verba destinada a fins específicos para promoção da segurança no trânsito de Rio Branco. Outrossim, a Prefeitura  informa ainda, que na forma de pregão presencial para registro de preços, os serviços cotados não necessariamente serão contratados, podendo os recursos serem alocados conforme prioridades estabelecidas em lei”, concluiu a nota.

Veja a Nota Abaixo

Fonte: oriobranco.net